8 de setembro de 2016 | sem comentários

Campos (RJ): crescimento do Ideb contradiz oposição

O Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb), divulgado na noite desta quinta (9), aponta que a cidade de Campos apresentou um crescimento nos números, chegando a ultrapassar a meta projetada para este ano. O índice, que estava em 3.9 pontos na última leitura, saltou para 5 pontos, aproximando-se da média nacional, que é de 5.3 pontos. A expectativa era de que atingisse 4.3 pontos neste ano.

 

A notícia foi comemorada pelo secretário de Educação de Campos, Frederico Tavares Rangel como consequência de um esforço conjunto, entre prefeitura e docentes da rede municipal de ensino: “Nem tudo é dinheiro. Nos últimos anos tivemos uma crise que se aprofundou em 2015, mas, mesmo assim conseguimos melhorar a educação no nosso município. Para trabalhar com educação é preciso ter coração. Foi no momento de maior dificuldade financeira que todos se uniram. Do porteiro até diretora de escola e isso realmente fez a diferença”, proferiu ele.

 

O aumento do índice consolida também uma vitória clara do governo Rosinha sobre a oposição, que vem apregoando seu descaso com a Educação. Em seus discursos, notadamente os candidatos a prefeito Caio Vianna e Rafael Diniz usam as leituras antigas do índice em seus discursos para atacar o governo.

 

O Ideb foi criado em 2007 e é utilizado pelo governo federal para medir o rendimento escolar dos alunos em testes padronizados de português e matemática. Melhor a pontuação, melhor o grau de investimento das prefeituras na educação.

Comente aqui: