18 de julho de 2016 | sem comentários

Pré-candidato do Novo é indeferido e se revolta no Facebook

Filiado ao Partido Novo, sigla aprovada no ano passado pelo TSE, Roberto Motta anunciou nesse fim de semana sua desfiliação, revelando suas insatisfações. Pré-candidato a prefeito, Motta teve sua candidatura indeferida pelo partido.

O Novo iniciou suas pretensões de forma tímida. Anunciou candidaturas em apenas 5 cidades, desagradando a seus filiados e simpatizantes. Entre as reclamações, pessoas ligadas ao partido dizem que há uma panela dentro da sigla. Desde o começo do ano o número de desfiliações aumentou muito.

Abaixo a postagem de Motta em sua conta no Facebook:

“Prezados Amigos, informo que recebi documento do partido NOVO comunicando o indeferimento de minha pré-candidatura.

Quase todos os 27 pedidos de impugnação, nos quais se baseou parcialmente o indeferimento, vieram de funcionários ou dirigentes do NOVO, de outras cidades que não o Rio. Apenas 2 pedidos vieram de pessoas do Rio de Janeiro, uma das quais é funcionária do NOVO.

Nenhum dos argumentos apresentados tem sustentação ou é coerente com acontecimentos e declarações recentes, e documentadas, dos dirigentes partidários.
Embora o indeferimento não resista a um questionamento judicial, não é esse o caminho que escolho tomar. Deixo aos dirigentes do partido e aos que os apoiam o desafio de viver com suas escolhas morais.

Seguirei pregando as ideias da Liberdade junto com os companheiros que conheci por todo o Brasil.

O Novo é composto por inúmeras pessoas de bem, que acreditam em valores que ajudei a construir. Para essas pessoas estarei sempre disponível, e a elas desejo todo o sucesso do mundo.

Vou me recolher com a minha família e reencontrar dentro de mim o sonho que me trouxe para a política.

Muito, muito obrigado a todos os que dividiram o meu sonho.

Não desistiremos dele.

Roberto”.

Até agora o Novo não se pronunciou em relação a Motta e nem deu sua versão do episódio.

Comente aqui: